Blank Infinity

Blank Infinity

Trying to keep myself afloat upon this stream
But a thought is pulling me down
Pulling me all the way down

We are wandering towards a blank infinity
And extinguishing will now be the only way
To diminish your sins, this vortex can’t be
Filled up again, a hole in space and time

Do you cry to the heaven’s high when you’re confined in here?
Do you not ever wonder why these leaden tears will never dry?
They’ll leave behind so many shadows in my mind

High in the sky, all of the clouds are passing by
Wait for this storm, wait for the rain,
And wait for the tears to fall down on me

We are wandering towards a blank infinity
And extinguishing will now be the only way
To diminish your sins, this vortex can’t be
Filled up again, a hole in space and time

Do you cry to the heaven’s high when you’re confined in here?
Do you not ever wonder why these leaden tears will never dry?
They’ll leave behind so many shadows
Living in me, living in all the memories in my life

Do you wonder why
These tears never dry
Time forced into life
Living in my mind

Can we ever find a way in this labyrinth without end?

Labyrinth has no end

Which turn should I take?
Left or right?
Should I stay?
Should I be the one?

Do you cry to the heaven’s high
When you’re confined in here?
Do you not ever wonder why
This leaden tears will never dry
They leave behind so many shadows
THIS SUBSTANCE IN TIME FORCED INTO LIFE
STILL EXISTS BECAUSE IT’S HERE
living in me, living in all the memories, in my life

Lost inside blank infinity
Vazio Infinito

Tentando me manter flutuando sobre este curso
Mas um pensamento está me abatendo
Me puxando durante todo o caminho para baixo

Nós estamos vagando em direção a um vazio infinito
E a aniquilação irá agora ser a única maneira
De diminuir seus pecados, este vórtice não pode
Ser preenchido de novo, um buraco no espaço e no tempo

Você clama aos céus superiores, quando está confinado aqui?
Você nem mesmo imagina por que essas lágrimas inertes nunca irão secar?
Elas deixarão para trás tantas sombras em minha mente

Alto no céu, todas as nuvens estão passando
Espere por esta tempestade, espere pela chuva
E espere pelas lágrimas caírem em mim

Nós estamos vagando em direção a um vazio infinito
E a aniquilação irá agora ser a única maneira
De diminuir seus pecados, este vórtice não pode
Ser preenchido de novo, um buraco no espaço e no tempo

Você clama aos céus superiores, quando está confinado aqui?
Você nem mesmo imagina por que essas lágrimas inertes nunca irão secar?
Elas deixarão para trás tantas sombras
Vivendo em mim, vivendo em todas as memórias de minha vida

Você imagina o porquê
Dessas lágrimas nunca secarem
Tempo forçado sobre a vida
Vivendo em minha mente

Podemos mesmo encontrar um caminho neste labirinto sem fim?

O labirinto não tem fim

Que caminho deveria eu tomar?
Esquerda ou direita?
Deveria eu ficar?
Deveria eu ser o único?

Você clama aos céus superiores
Quando está confinado aqui?
Você nem mesmo imagina por que
Essas lágrimas inertes nunca irão secar?
Elas deixarão para trás tantas sombras
Essa substância presente no tempo forçado sobre a vida
Ainda existe porque está aqui
Vivendo em mim, vivendo em todas as memórias de minha vida

Perdido dentro do vazio infinito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s