Mother Of Light

Mother Of Light

It always put me on the edge
To think of all the spoilt lives
Today I’m one step further
Not sure if I’ve survived myself

Reality is sometimes stranger than fiction
Whatever happens in my dreams
I know it can’t be worse than this
So I prefer to sleep

I am searching, without vision, for the answers in the dirt
I am waiting, just for nothing, for the day that I’ll be heard

You’re the sea in which I’m floating and I lose myself in you
I am feeling these sensations I communicate with you

I am looking, without vision, for a different kind of way
I am thinking, just for nothing, about that specific day

You’re the night so you’re he dark side of the day you’ll never see
You’re the past, but everlasting, can you share one day with me?

You’re the hand that I rejected, but I can’t forgive myself
I am selfish and not worthy to think of even to die for

Reality is sometimes stranger than fiction
Whatever happens in my dreams
I know it can’t be worse than this
So I prefer to sleep

Tomorrow, don’t know where I’ll be
I need some place to go now
So do you know the way I feel
Or shall I give up my belief?

You’re the lock I’ve never opened ‘cause I threw away the key
I’m enclosed within my own thoughts that will never set me free
You’re the hand that I rejected, but I can’t forgive myself
I am selfish and not worthy to think of even to die for

You’re the question to the answer and without there’ll never be
Any thought in this direction you’ve created this in me
You’re the hand that I rejected, but I can’t forgive myself
I am selfish and not worthy to think of even to die for

Serenity is taking over all I am
It gives me peace and all I see are visions of my destiny
Why should I bleed and pay for the other’s greed?

We consciously sign our own sentence of death
How can you go on? Did you forget what we have learnt from the past?
We can’t go on killing ourselves and with us all the rest
Why can’t you see? Don’t you regret?

Reality is sometimes stranger than fiction
Whatever happens in my dreams
I know it can’t be worse than this
So I prefer to sleep

I am alone with all my thoughts, alone without a hope and
I lost the thing I needed most; I feel I can’t survive this fall
Mãe da Luz

Isso sempre me coloca no limite
Pensar em todas as vidas arruinadas
Hoje estou um passo à frente
Sem certeza se sobrevivi a mim mesmo

A realidade é algumas vezes mais estranha que a ficção
Qualquer coisa que aconteça em meus sonhos
Eu sei que não pode ser pior do que isso
Então eu prefiro dormir

Estou buscando, sem visão, pelas respostas na sujeira
Estou esperando, simplesmente à toa, pelo dia em que eu serei ouvido

Você é o mar no qual estou flutuando, e eu me perco em você
Estou sentindo essas sensações, eu me comunico com você

Estou procurando, sem visão, por um diferente tipo de caminho
Estou pensando, simplesmente à toa, sobre aquele dia específico

Você é a noite, então você é o lado negro do dia que você nunca verá
Você é o passado porém eterno, você pode passar um dia comigo?

Você é a mão que eu rejeitei, mas eu não posso me perdoar
Eu sou egoísta e não digno de pensar, nem mesmo de morrer por

A realidade é algumas vezes mais estranha que a ficção
Qualquer coisa que aconteça em meus sonhos
Eu sei que não pode ser pior do que isso
Então eu prefiro dormir

Amanhã, não sei onde estarei
Eu preciso de algum lugar para ir agora
Então você sabe como eu me sinto
Ou devo eu desistir de minha crença?

Você é a fechadura que eu nunca abri, pois eu joguei fora a chave
Estou trancafiado dentro de meus próprios pensamentos que nunca irão me libertar
Você é a mão que eu rejeitei, mas eu não posso me perdoar
Eu sou egoísta e não digno de pensar, nem mesmo de morrer por

Você é a pergunta para a resposta e sem a qual nunca será
Qualquer pensamento nesta direção, você que criou isto em mim
Você é a mão que eu rejeitei, mas eu não posso me perdoar
Eu sou egoísta e não digno de pensar, nem mesmo de morrer por

Serenidade está tomando tudo o que sou
Isso me dá paz, e tudo o que vejo são visões de meu destino
Por quê eu deveria sangrar e pagar pela ganância dos outros?

Nós conscientemente assinamos nossa própria sentença de morte
Como pode você continuar, você esqueceu o que nós aprendemos do passado?
Não podemos continuar matando a nós mesmos e conosco todo o resto
Por que você não consegue ver, não se arrepende?

A realidade é algumas vezes mais estranha que a ficção
Qualquer coisa que aconteça em meus sonhos
Eu sei que não pode ser pior do que isso
Então eu prefiro dormir

Eu estou sozinho com todos os meus pensamentos, sozinho sem qualquer esperança e
Eu perdi a coisa que eu mais precisava; Eu sinto que não posso sobreviver a esta queda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s